1 Jun

Levy Fidelix faz grave acusação contra grupo UOL/Folha de S. Paulo após matéria com informação falsa: 'À beira da falência, apelam para a baixaria. Falta de vergonha!'; veja

Imagem: Produção Ilustrativa
O presidente do PRTB, Levy Fidelix, manifestou sua indignação com  matéria do jornal Folha de S. Paulo, que afirmou que o empresário Oscar Maroni teria interesse em se candidatar à presidência pelo partido. A matéria, intitulada “‘Magnata do sexo’, Oscar Maroni lança biografia e quer ser presidente”, afirmava: “filiado ao PT do B, Maroni começou um flerte com o PRTB de Levy Fidelix”.



Levy Fidelix classificou como uma “barrigada” a afirmação da jornalista Eliane Trindade: “não conheço o cidadão. Ele fique na dele, eu fico na minha. Aqui no PRTB ele não vai ter filiação, e ele sabe. Mesmo porque o nosso partido é o partido da pátria e da família”. Levy Fidelix afirmou que o partido já tem candidato à presidência e que “a vida é uma campanha permanente”. “Já fui candidato duas vezes e sou o natural candidato de meu partido. Seria pouco inteligente colocar como candidato quem nem filiado ao partido é. Essa matéria foi uma baixaria”, afirma.

Para o presidente do PRTB, o jornal tenta há meses prejudicá-lo. Fidelix rasgou um pedido de entrevista supostamente sobre liberdade de expressão, alegando que a intenção é reavivar a polêmica sobre o casamento gay que surgiu na campanha presidencial. “É algo com duplo sentido, embutido, a proposta é gayzista!”, adjetiva. “Além de ser passado, eu já ganhei todos os processos, já ganhei 8 das 9 ações, falta apenas uma”.  “Eu faço jornalismo profissional. Vocês estão tentando colocar um bode na minha sala. Eu não como barrigada, tenho 42 anos de jornalismo. Desde o tempo de Austregésilo de Ataíde”.

Fidelix ressaltou que não estava atacando Oscar Maroni: “Não quero falar mal dele, não, nem bem, porque eu nem o conheço. Nem conheço, como é que vai entrar no PRTB? Ele é do PT do B, que fique lá e faça no partido dele o que quiser. Aqui no PRTB, jamais”. Levy Fidelix seguiu atacando o jornal: “parem de barrigada, vocês já estão ficando pequenos demais. O jornalzinho de vocês já está murcho. Não tira mais de 100 mil exemplares. Eu tenho hoje 211 mil pessoas que me seguem no Facebook e mais de um milhão e meio de views por semana. Parem de brincar comigo, que eu não sou otário, não vou entrar na de vocês. Essa não colou”. 

A matéria da Folha de S. Paulo foi alterada para corrigir um outro erro, em que trocou o partido de Gilberto Kassab. Mas, até a publicação deste artigo, não tinha corrigido a afirmação sobre o PRTB. 

Leia também: 

Leia Mais Em: Levy Fidelix faz grave acusação contra grupo UOL/Folha de S. Paulo após matéria com informação falsa: 'À beira da falência, apelam para a baixaria. Falta de vergonha!'; veja

Powered by WPeMatico