16 Jun

Chape evita falar sobre Sul-Americana e aguarda julgamento de recurso

Ligado nos esportes o tempo todo!

(Foto: AP Photo/Agustin Marcarian)
A Chapecoense recebeu no mesmo dia dos sorteios das fases eliminatórias das competições da Conmebol as justificativas sobre a punição ao clube pela escalação irregular de Luiz Otávio, no jogo contra o Lanús. A Chape tem sete dias para entrar com recurso e tentar reaver a vaga na Libertadores. Enquanto isso, o clube evita se pronunciar sobre a Sul-Americana, onde enfrenta o Defensa y Justicia.

O caminho para uma conquista do bicampeonato está traçado. O Verdão encara o Defensa y Justicia em sua estreia na Sul-Americana. No entanto, os representantes do clube evitam falar a respeito e ainda mantém esperança de recuperar a vaga nas oitavas da Copa Libertadores.
O clube encaminhou na quinta-feira o recurso para a Câmara de Apelações da Conmebol. Não há prazo determinado para o veredito final após a apresentação da defesa. No entanto, espera-se uma definição antes do início das disputas das fases eliminatórias de Libertadores e Sul-Americana – sem data definida.
Não são apenas os dirigentes que mantém a confiança de voltar para a maior competição de clubes do continente. Os jogadores também tem a esperança de adicionarem a seus currículos a disputa das oitavas da Libertadores. Em entrevista coletiva, Andrei Girotto até comentou sobre o adversário argentino da Sul-Americana, mas não escondeu o real desejo do time.
– É um time argentino e time argentino é sempre brigador. Busca a vitória até o último minuto. Não é diferente com a gente, o espírito da nossa equipe é dessa forma. Vai ser um jogo disputado, um jogo de Sul-Americana mesmo. Mas a gente fica com a esperança de agora nos tribunais… ainda tem esse pensamento na Libertadores. Fica o sentimento de que a gente ainda pode estar nas oitavas da Libertadores – disse o volante.
Caso a Chapecoense consiga reverter a punição aplicada nos tribunais, recuperará os pontos do jogo contra o Lanús, chegando a nove pontos. Assim, ultrapassa o Nacional-URU, que tem oito, e assume a segunda colocação no grupo 7.
Porém, não há clareza sobre o que acontecerá com as duas competições se isso de fato ocorrer. O Nacional-URU encara o Botafogo, na Libertadores, e a Chapecoense joga contra o Defensa y Justicia, na Sul-Americana. Uma mudança na tabela não mudaria a forma como foi feita o sorteio das duas competições. Uma situação mais complicada aconteceria caso o Verdão chegasse ao primeiro lugar do grupo, por exemplo.
Enquanto a situação não se define, a Chapecoense mantém suas atenções voltadas para o Brasileirão. O time ocupa a quarta colocação na tabela de classificação e encara o Botafogo na próxima rodada. O jogo está marcado para às 16h (de Brasília) do dia 18 de junho, na Arena Condá.
Globo Esporte

Leia Mais Em: Chape evita falar sobre Sul-Americana e aguarda julgamento de recurso

Powered by WPeMatico